Reforme sua casa com conforto e morando no imóvel

O Guarda Móveis possibilita reformas em sua casa com conforto mesmo morando no imóvel.
O Guarda Móveis possibilita reformas com conforto, mesmo morando no imóvel.

Organização é a palavra-chave para quem quer fazer uma reforma bem-sucedida em casa, mesmo morando no imóvel durante esse período. Além de colocar no papel os planos para os novos ambientes, é fundamental cuidar daquilo que já está no espaço ou poderá vir a ocupar a residência na nova configuração.

É que durante as reformas é comum que poeira, respingos de tinta e até pequenos acidentes com rebocos danifiquem ou quebrem móveis e objetos, incluindo aqueles itens que são caros ao morador, do ponto de vista afetivo.

A melhor forma de preservar esses itens, sem ter que pedir nada para ninguém, é recorrer ao Guarda Móveis da SS Self Storage

Guarda móveis no Rio de Janeiro

O público carioca tem dois endereços onde podem deixar seus pertences. As unidades funcionam em pontos estratégicos do Rio de Janeiro.

Uma delas, chamada Barra & JPA,  fica em Jacarepaguá, na zona oeste da capital fluminense. A outra, que leva o nome Centro & Porto, está localizada em São Cristóvão, região central da cidade.

Além do Rio de Janeiro, a SS Self Storage tem mais seis unidades espalhadas pelo Brasil.

Qualquer pessoa pode fechar contrato e não precisa nem de fiador. 

Privacidade e segurança

Nesse sistema moderno de Guarda Móveis, que é o Self Storage, você pode juntar tudo o que é seu em um ambiente único e privativo. Isso inclui mobiliário, luminária, bicicletas, brinquedos, documentos, louça e tudo o que mais quiser.

Ninguém mais tem acesso ao espaço, além de você e das pessoas que você autorizar. O box, fechado com cadeado, senha ou cartão magnético, terá o tamanho que você precisar, pelo tempo que for necessário. O tempo justo, com o investimento justo.

Tudo é vigiado 24 horas por dia, por meio de câmeras de segurança. O locador pode entrar e sair de seu box quantas vezes quiser, durante o horário de funcionamento do prédio.

Ou seja, se em determinado momento você precisar de um objeto, como uma ferramenta, um abajour ou cadeiras, por exemplo, é só entrar, pegar e levar, sem burocracia.

Mãos à obra

Para que você tenha uma reforma tranquila, apresentamos, a seguir , 12 dicas fundamentais

  1. Planeje: O primeiro passo é colocar no papel tudo o que deseja na reforma.
  2. Consulte: Veja com cada profissional – arquiteto, pedreiro, gesseiro, pintor, etc – quanto irá custar o serviço, qual é prazo para realização e o quanto será necessário para comprar o material relativo ao trabalho de cada um.
  3. Agregue: A melhor opção é sempre ter um profissional como arquiteto ou engenheiro para tocar a obra. Mas antes que deem a primeira martelada na casa, reúna todos os profissionais, mostre o projeto e explique o que deseja.
  4. Dialogue: Esteja sempre disponível para tirar dúvidas da equipe, até para evitar ter que consertar o que foi feito de maneira diferente do que queria.
  5. Compre com calma: A internet está cheia de boas ofertas, mas antes de fechar negócio, vale conferir de perto o produto. É o caso de pisos, por exemplo: podem parecer ótimos na foto, mas ao vivo podem não corresponder às expectativas ou necessidades
  6. Fique atento às datas: Materiais podem ter prazo de entrega muito longo, comprometendo o andamento trabalho. Procure tê-los em mãos antes. Vale deixá-los no Guarda Móveis até que precisem ser usados.
  7. Vá aos poucos: Reforme um espaço de cada vez. Se tiver mais de um quarto, por exemplo, durma em um enquanto o outro estiver em obras.
  8. Seja econômico: Ponha no Guarda Móveis tudo o que puder ser retirado durante a reforma, assim sua casa fica mais livre e a vida lá dentro, mais tranquila.
  9. Fuja da sujeira: Para evitar que a poeira se espalhe pela casa, coloque panos úmidos nas frestas das portas no chão. Procure retirar entulhos e fazer limpeza diária.
  10. Conheça as regras:  Se você mora em prédio, veja bem quais são os horários permitidos para  a obra e de que maneira tem de ser feito o descarte de entulho. Alguns serviços precisam ter documento assinado por responsável, que terá de ser apresentado ao síndico.
  11. Faça a conta certa: É muito comum que as pessoas invistam mais em itens de acabamento do que na parte que não vai aparecer, como a elétrica e a hidráulica. Mas o barato pode sair caro se o material for ruim e você tiver que refazer a obra, quebrando paredes.
  12. Deixe tudo organizado: Ao levar seu material para o Guarda-Móveis, coloque tudo em caixas, organizadas por ambientes (sala, quarto, cozinha, etc) e identificadas por fora. Isso vai facilitar na hora de montar de novo a casa. Faça aos poucos, deixe tudo do jeito que você mais gosta e aprecie a nova moradia.

Veja os locais onde você pode guardar seus móveis e objetos, no site www.selfstorage.com.br